Hora De Dormir: O Sono

is?yQHp0ds4cZx7e-FXX-JdKhmyQfS_TlOrcTMZP


Como comentamos em todos os outros métodos, se seguidas as suas orientações, que a autora considerava simples, há grandes chances de êxito naquilo a que se propõe, dependendo das perguntas tempo e adaptação dos pais e da guria. Alguns pontos são importantes e, para simplificar tua utilização, várias siglas foram bem conhecidas.



Essa sigla centralizava o esquema. A autora acredita que imediatamente com poucos dias de existência a guria poderá determinar teu comportamento no futuro baseada nas informações que recebe nessa fase. Tuas recomendações devem ser seguidas desde que a guria nasce. Começar uma rotina de amamentação, acordando-o com intervalos de 2 horas no decorrer do dia e deixando que durma à noite o quanto ele quiser.



Para que a mãe possa descansar, se o médico permitir, o pai podes participar do processo oferecendo uma mamadeira com leite artificial às noite, às vinte e três horas. Acalme o garoto, conversando com ele bem baixinho, cantando suavemente, e quando ele fechar os olhinhos, coloque-o no berço. Pro sono noturno, assim como vale um ritual ao escurecer iniciando com um banho e seguindo as mesmas orientações.



Se o moço acorda à noite, não acenda a iluminação (uma iluminação fraquinha pode auxiliar), evitando motivar o bebê. Poderá acariciar, amamentar, sem cantar, discutir ou fazer festas, expondo a ele que aquela é hora de dormir e não brincar e colocá-lo no berço portanto que terminar esse modo. Se o piá lacrimejar e não dormir, apesar de amamentado e limpo, tentar interpretar o choro do garoto e tentar resolver o problema dele: ainda fome, xixi, cocô, gelado, calor, aflição, cansaço, tédio, doença.



  • Um colher sopa de açúcar

  • Ter sido patrocinador do São Paulo FC em 1997 e 1998

  • Os gatos têm em torno de cem sons vocais ao oposto dos cães que apresentam apenas 10

  • trinta e sete Um Plano pra Salvar o Planeta 15 de julho de 2011

  • O pelo do gato-mourisco é curto de cor marrom pardo (com pontos brancos espalhados pelo corpo)


Eliminando os itens nesta ordem, se ainda desse modo ele chora, pode ser essencial transportar a um atendimento médico. Ao conclusão de uma semana, prontamente oferece pra entender os hábitos de seu rapaz (segundo a autora). Essa será a rotina do menino, que podes até demorar a funcionar, contudo necessita ser repetida todos os dias até conceder correto.



Independente de cada fase, a autora não recomenda deixar os pirralhos chorando sem que ele seja atendido. É uma técnica que é chamada de PU/PD. O garoto está chorando. Se o defeito foi identificado e resolvido, coloca-se o fedelho no berço, para dormir calmamente. Se ele chorar, tem que-se pegá-lo no colo (pick up), acalmá-lo e deste jeito que ele parar de chorar colocá-lo de volta no berço (pick down).



Essa técnica é recomendada para garotos acima de quatro meses. Antes dessa idade o piá poderá continuar mais agitado se retirado do berço. Antes disso, precisa-se acalmá-lo no berço mesmo, com leves tapinhas nas costas e usando o "shhhhhh". De acordo com a autora o Shush-pat (admiração do sussurro) pode ser usado pra iniciar o sono ou ensinar meninos até seis meses a adormecer. Se não solucionar, pegue o pirralho no colo, coloque-o sobre o assunto seu ombro e repita o procedimento (tapinhas e shhhh), até que ele se acalme e aí coloque-o no berço, ainda no mesmo modo (tapinhas e shhhh).



Fique neste processo por sete a dez minutos. Provavelmente suspenda o shhhh. Se o moço acordar, retorne a fazer. Se ele se mantiver bem, calmo, irá diminuindo a periodicidade e a intensidade do recurso até que ele se olhe no estágio três do sono não REM, com sua mão no peito do piá. Essa técnica deve ser utilizada próximo com todo o mecanismo, pois isoladamente não terá sucesso, de acordo com a autora.



Por volta das vinte e dois a 23 horas, a começar por seis semanas de existência (apesar de muitas mães usarem bem antes disso), mesmo com o menino dormindo, ofereça uma mamada para que ele não acorde à noite. De acordo com a autora, as mães podem posicionar o menino ao seio, com cuidado, para não acordá-lo, ou avós ou o pai são capazes de ofertar uma mamadeira, com leite materno retirado previamente ou fórmula infantil, para que a mãe possa descansar.