Dieta Da Proteína: Como Fazer, Receitas E Alimentos Permitidos

Irei Definitivamente Prosseguir Tomando Goji Para o


Alimentos pra corredores necessitam ser saudáveis, mantendo os níveis de energia pros treinos e provas. Isso, assistência a conservar o corpo robusto. A alimentação, e também ser balanceada, precisa contar com alguns alimentos que exercem com que o seu desempenho na corrida de estrada melhore. O que se pode comer e o que não precisa ser consumido nos momentos que antecedem a corrida são pontos consideráveis para qualquer corredor.


happy-smiling-businessman-in-suit-pictur

E, no dia da prova, a apreensão precisa ser redobrada, visto que apenas um problema podes jogar por água abaixo semanas de treinamento. No dia anterior da guerra, como por exemplo, você pode ingerir alimentos que sejam fontes de carboidratos, de forma especial os complexos, como batata adocicado e pães integrais. Os carboidratos são muito rapidamente digeridos e, assim sendo, são considerados ideais para o serviço muscular. Se a corrida for de manhã, acorde ao menos duas horas antes da largada e tome um café à apoio de pães, suco e frutas.


Outra dica é transportar uma barra de cereal, ou alguma fruta como maçã e banana, pra consumir 40 minutos antes da largada. Contudo, caso a prova seja à tarde, faça uma refeição duas horas antes que contenha, a título de exemplo, arroz integral, salada com legumes cozidos e um filé de frango ou peixe, que são proteínas leves e com miúdo teor de gordura.


Os alimentos que você precisa evitar no extenso dia, porém, são os ricos em gordura, visto que tornam a digestão mais lenta e bem como demoram a se transformar em energia. Desta forma, atrapalham a performance no decorrer da prova. As fibras bem como não são boas opções, em razão de demoram a ser digeridas e conseguem animar o recurso gastrointestinal.


Estas são apenas algumas regrinhas que você precisa a todo o momento ter em mente. Mas, por fim, quais são as melhores comidas para que pessoas corre? Listamos quinze superalimentos para que você possa retirar máximo proveito da sua comida (e de tuas corridas). Quem corre necessita de carboidratos para ter combustível para os treinos, e pães e massas são escolhas óbvias.


Porém, nem sequer todos os pães e todas as massas são parecidos. Alimentos integrais são menos processados e, desse modo, contêm mais da alimentação natural encontrada no grão, incluindo mais fibra. Deste modo, em comparação com a massa branca, você vai ter mais nutrientes dos grãos integrais e as fibras ainda vão ajudá-lo a se constatar mais contente.


Em tempo: no dia da prova não aposte em carboidratos integrais pra que as fibras não acelerem o trato intestinal, fazendo com que você tenha desconfortos gástricos. Só um ovo neste instante satisfaz cerca de dez por cento das suas necessidades diárias de proteína e aminoácidos. Também, o alimento assistência pela reparação e pela recuperação muscular, muito essencial para os corredores.


Outro privilégio: ele disponibiliza em torno de 30% da quantidade recomendada de vitamina K, que é primordial para a saúde óssea. Você podes adicioná-lo a sua dieta a qualquer hora do dia. Aposte em ovos cozidos, mexidos, cozidos ou fritos. Que tal fazer uma omelete ou fritada para o jantar? Feijões, lentilha, grão de bico e ervilha são repletas de proteínas e fibras, e também serem fonte vegetal de ferro e pobres em gordura.



  • Corte a laranja em 4 partes e retire a casca
Visualize O Que Precisa Ser Ingerido Antes E Após Malhar
um prato fundo de sopa de frango com espinafre (receita abaixo)
Dieta Americana Faz Perder 3 Kg A Cada quatro Dias
Reduza o fogo e cozinhe até que a maioria de suco é
03 Fazer atividade física em jejum
um xícara de chá de leite desnatado com adoçante

Desta forma, eles necessitam fazer fração da tua dieta. O feijão, a título de exemplo, é um excelente acompanhamento para sopas, e também compor o prato mais popular no Brasil: o famoso arroz com feijão. No entanto em dias de prova eles precisam ser evitados, por causa de causam flatulência. Salmão, sardinha, anchova e atum são repletos de ômega-3, uma gordura insaturada que protege o coração, os vasos, o cérebro e tem efeito anti-inflamatório, auxiliando o corpo a se recuperar mais com facilidade entre as sessões de treino.


Claro que devia preferir a versão grelhada, assada e cozida. Tem vasto quantidade de vitamina B6, que assistência no metabolismo proteico e pela passagem de sangue pelas artérias. E boa parcela de potássio, que controla a retenção líquida. Ela assim como traz manganês (que socorro a amenizar sintomas da TPM, mulherada!) e atua no metabolismo de criação de energia celular. Quem come batata-doce e vai tomar sol percebe: dá pra manter por bem mais tempo um bronzeado, já que ela é rica em betacaroteno.


Tem ainda vitaminas C e E, que combatem os radicais livres. É de rapidamente preparo e pode até ser consumida no café da manhã, com mel e canela, a título de exemplo. Também é excelente opção pra um lanche antes de provas de longa distância. Fonte de probióticos, proteína e cálcio, também é repleto de vitamina D, um dos nutrientes mais estudados e relacionados com o embate na saúde muscular.