Como Empreender Bem Na Incerteza, Segundo Romero Rodrigues

is?Zf9zusRqb9ubdXNOwx6x7JCK_Q7p3B9yieeAQ


Muito se pergunta sobre este tópico: como navegar na web sem pânico de vírus ou invasões. Existem inúmeras maneiras de se navegar com sensatez pela web; uma delas é entrar só em blogs protegidos, o que no caso vai enquadrar muito o acesso à rede mundial. Outra forma é ter o seu computador protegido. E forma diferente é utilizar a proteção e o prazeroso senso, o que procuraremos fazer.



Primeiro necessitamos ter os programas adequados para nos protegermos de invasões, pragas e acessos indesejáveis. Devemos mantê-los sempre atualizados e sempre fazendo varreduras no nosso micro computador com eles, pra que possam funcionar efetivamente. OBS: Nem sempre os programas gratuitos realizam o que prometem, em vista disso prefiro os pagos, no entanto temos alguns gratuitos que realmente são muito bons, como o Spybot . Antivírus - Programa residente no computador que fica 24h fazendo varreduras a procura de programas indesejáveis no Micro computador.





    • Hackers vazam spoilers de Game of Thrones e algumas séries da HBO


    • 0 | por Vinicius Schulz


    • Importância no mercado


    • Maria Helena argumentou: 06/08/doze ás dezesseis:Trinta e nove





Normalmente causa um pouco de lentidão pela execução de programas, no entanto mantém o micro computador livre de pragas. Firewall - Programa que impossibilita acessos não permitidos ao pc, isto é, invasões. Antispyware - Programa que evita que spywares acessem teu micro computador e mandem informações do usuário pra novas pessoas. Tenha um ótimo limpador otimizador do Sistema Operacional, como o Norton Utilities (que não é gratuito), todavia considero um dos melhores pra Windows.



Emprego faz muito tempo, desde a versão 4.0! Ótimo Utilitário - pago. Kevin Mitnick, o hacker mais famoso dos anos noventa, passou cinco anos pela prisão e nesta hora presta consultoria sobre o assunto segurança para organizações. Em um especial da Wired, ele deu 10 dicas de navegação segura na internet de como salvar seu computador. Eu quase de imediato havia me esquecido, pra falar sobre este tema este post com você eu me inspirei neste blog Página da Web sugerida, por lá você podes localizar mais informações valiosas a esse artigo. Faça backup de tudo. Use programas de criptografia pra enviar e-mails consideráveis. Instale um ou muitos programas contra spyware. Proteja sua rede Wi-Fi. Em residência, habilite o WPA (Wi-Fi protected access) com uma senha de, pelo menos, 20 caracteres. Em seu notebook, só olhe redes Wi-Fi que tenha proteção WPA.



Porém a indústria de provedores não concordou. E está insuflando uma luta no Congresso dos EUA que podes variar ou anular estas regras. O que está em jogo é o direito de provedores interferirem no acesso à internet, bloqueando blogs ou reduzindo a velocidade do tráfego de dados. Quando conectamos o computador ou o smartphone a uma rede, seja a sem fio de um hotel, seja a banda larga de nossa moradia, o que ocorre é uma conexão entre o nosso equipamento e o provedor de acesso. Entre o provedor e a internet há outra conexão, a "conexão de trânsito". É nela que acontecem todas as interferências que impedem a independência de acesso à internet.



É simples assimilar por quê. Como essa de você, este site o provedor contrata acesso a internet de alguém - no caso, de grandes provedores de banda. A diferença é que o provedor leva no atacado: contrata um "lote" de banda e o reparte entre os usuários. Suponha que um provedor tenha um milhão de freguêses conectados avenida banda larga a 1 Mb/s (um megabit por segundo) para download. Se todos os usuários usarem essa conexão pra baixar um filme ao mesmo tempo, o provedor deverá de uma conexão de trânsito de 1 Tb/s (um terabit por segundo), equivalente a um milhão de megabits por segundo.



Contudo os provedores apostam que nem sequer todos os clientes vão usar sua "cota" de internet ao mesmo tempo (o que, realmente, é algo improvável). Portanto, juntam nos contratos com seus usuários finais, ilegalmente, uma cláusula que garante só dez por cento da velocidade que venderam. Se o usuário contrata 1 Mb/s, poderá ter como garantia só 100 kb/s (um décimo de megabit por segundo), um pouco mais que o dobro da velocidade dos modems discados antigos.



Em ocorrências de procura explosiva, como vivemos de imediato (enviamos videos do telefone para os amigos, compartilhamos conteúdo pela internet), provedores e usuários finais necessitam de mais banda. Entretanto os provedores não querem ver teu gasto acrescentar. Aí, recorrem a soluções que ferem a independência na internet. Limitam a velocidade de usuários que estejam acessando sites como YouTube ou Vimeo, que consomem muita banda. Isso acontece em todos os países, e o Brasil não é exceção.



Até visto que aqui a banda larga é em geral fornecida por um único provedor na maioria das localidades, o que nos deixa reféns de um monopólio. Se quisermos tema livre e acesso irrestrito à rede, não desejamos deixar que isso aconteça. Carlos Afonso é consultor de tecnologias da detalhes e comunicação e representante do terceiro setor no Comitê Gestor da Web no Brasil. Os postagens nesse lugar publicados não representam necessariamente a posição da SUPER.