Como Clarear Os Dentes Naturalmente

Dieta Do Carboidrato


Para as pessoas que quer emagrecer e ocupar um corpo humano sarado, normalmente aposta em dietas milagrosas, com muitas restrições alimentares. As restrições alimentares podem causar danos rígidos à saúde, a prática continuada de dietas restritivas, sem a orientação de um profissional não é recomendada. A dieta do carboidrato é um regime que faz muito sucesso entre as mulheres, uma vez que elas se sentem felizes ao perder o peso esperado. A dieta do carboidrato foi criada pelo médico Roberto Atkins e o regime neste instante conquistou diversos adeptos, entre eles, algumas celebridades. Esse regime foi planejado pelo médico cardiologista americano Roberto Atkins e ficou conhecida no todo o mundo, como a dieta da proteína.


O principal intuito é delimitar severamente o consumo do carboidrato e priorizar a ingestão de proteínas. Referência consultada para compartilhar o tema dessa postagem: https://necessitae.com/colastrina/Nas primeiras duas semanas da dieta, o consumo de carboidrato é bem restringido, a pouca quantidade consumida vem por intermédio de legumes e verduras. Nas semanas seguintes, neste instante se permitem outros alimentos, antes, proibidos. A orientação é afastar do cardápio, todos os alimentos ricos em carboidratos. Alimentos de meio ambiente proteica, como: carnes magras, frangos sem pele, peixes, frutos do mar, ovos, queijos amarelos.


Estes alimentos, poderá-se comer a vontade, em relação a proteína, a dieta não tem limitação de porção. No almoço e no jantar não é permitido consumir arroz e massas, e bem como alguns legumes, como: ervilha, grão-de-bico e lentilha. A nutricionista baiana, Maria Guilhermina, diz que a dieta do carboidrato é muito diferente dos hábitos alimentares da maioria das pessoas, sendo penoso segui-la por muito tempo. Ela alerta para o perigo do efeito rebote. Maria adverte que o maior problema deste processo de emagrecimento é não guiar o praticante do regime pra uma reeducação alimentar.



  • Nível 1: Fraqueza física e mental - consegue constatar o ácido do estômago
  • Bem- estar elevado
  • Controlar o colesterol e a diabetes
  • dois linguiças
leia mais
Pães doces prontos
IMG_9558.JPG?itok=402MeEDY

A dieta do carboidrato leva a um emagrecimento satisfatório, em um curto tempo de tempo. A endocrinologista Adriana Moretti, de São Paulo, alerta que uma porção desta perda de peso, compreende músculo e não só só gordura. O que não é saudável para o corpo humano, declara a médica. Diversos nutricionistas mostram que para cada quatro quilos de gordura perdida, em dietas restritivas, um quilo equivale à músculo, isto é, se você perdeu 4 quilos, 3 foram de gordura e um de massa muscular corporal. Robert Atkins lançou nos anos oitenta, um livro intitulado: A nova dieta revolucionária do Dr. Atkins, onde ele ensina os leitores a emagrecer e entrar em maneira mantendo uma bacana saúde.


Robert, também fala no livro a respeito do metabolismo corporal e explica tal como age no modo de redução de calorias. A médica, Valéria Guimarães, presidente da Comunidade Brasileira de Endocrinologia e Metabolismo, criticou duramente a dieta do carboidrato e assim como seu criador, Robert Atkins. A médica fala da ausência de responsabilidade de Lula ao fazer a dieta, depois de orientado por ela. A dieta de Atkins, sobrecarrega o coração e deixa a pessoa zonza, diz a médica.


Pra permanecer firme pela dieta, bebo limonada (com adoçante!) gelada. Refresca e me faz esquecer dos doces”, diz Marcia Cristina Marinho, 30, de Ubiratã (PR). Por que dá certo: o azedinho do limão inibe a desejo de comer algo doce. Isso por causa de este sabor satura as papilas gustativas que bem como estão no comando da fome. Beber chá (muito chá!) - perto de 1 litro por dia, sem açúcar e distante das refeições - me faz comer menos.


Emagreci 9 quilos em dois meses depois que adotei essa estratégia”, diz Viviana Lima, vinte e oito anos, de São Paulo. Por que tem êxito: chá, em geral, acalma o estômago. Mas se quiser encaminhar-se direto ao ponto, beba chá de capim-cidreira (diminui a compulsão a comida), verde (acelera o metabolismo, fazendo o organismo gastar energia), cravo e canela (reduz a fissura por doce). Gosto de ingerir um cafezinho depois do almoço. Então não sinto ausência da sobremesa”, revela Karine Parússolo, vinte e sete anos, de São Paulo. Por que dá certo: como ocorre com o limão, o sabor robusto do café deixa as papilas gustativas “satisfeitas”.


É assim que compensa o açucarado da sobremesa. Quando estou com a intenção de atacar um chocolate, bebo água. E a vontade passa”, conta Aline Marta de Lima, vinte e três anos, do Rio de Janeiro. Por que tem êxito: a água ocupa espaço no estômago, preenchendo momentaneamente aquele “vazio” que faz você sonhar com um biscoito recheado no meio da manhã ou da tarde.


colastrina vale a pena

Em vista disso, água pra dentro! É gostosa, simples de levar para o serviço e sossega a fome entre as refeições”, diz Fernanda Villas Boas, vinte e três anos, de São Paulo. Por que funciona: não parece, mas a banana tem fibras e, dessa maneira, forra o estômago. Assim como carrega ferro, potássio e triptofano - substâncias que dão pique e cortam a compulsão a comida. Todavia, com 90 calorias, em média, não pode ser consumida à vontade. Um iogurte desnatado e a larica da tarde desaparece”, garante Simone Fernandes, 26 anos, de Macaé (RJ).


Por que dá certo: rico em proteína, não apenas aplaca a fome como impede que ela retorne veloz. Se quiser esticar o sentimento de saciedade, junte aveia. Esse lanchinho tem poucas calorias, engana o estômago e faz o intestino funcionar melhor”, revela Jeane Marques, vinte e cinco anos, de Paranavaí (PR). Por que dá certo: as que têm castanhas, cereais (como a aveia) e frutas secas reduzem a fome e dão energia.