Berzoini Diz Que 'tem Brigado' Por Projetos Do Setor Das Comunicações


As redes sociais são um dos meios preferidos dos criminosos virtuais. Essencialmente, há duas razões visite aqui que explicam o interesse deles em websites como Facebook, Twitter ou Instagram: o gigantesco número de usuários e o fato de estas plataformas aceitarem aplicativos de software aberto. Isto isto é que cada programador mais ou menos experiente poderá digitar um código malicioso com o qual consegue burlar usuários.



Os golpes geralmente consistem em oferecer produtos ou serviços que os usuários nunca irão ganhar. Ao concorrer a supostos prêmios, eles acabam por abrir as portas a vírus ou malwares, descrevendo, por isso, infos pessoais.is?W8XfTja9X2tweLjVHmvM7NPH-GEAdbSktG28b Os hackers por isso vendem as informações ou obrigam os usuários a assinarem serviços de mensagens denominados "premium".



Assim, eles recebem mensagens com música, jogos, concursos, notícias, campanhas e outros tipos de conteúdo a um gasto superior ao de um SMS. Há fraudes de todos os tipos. A BBC Universo, o serviço em espanhol da BBC, listou as 4 principais abaixo. É o que aconselha a empresa de segurança de web Kapersky Lab.



Quem está por trás desses golpes normalmente utiliza como isca o nome de empresas conhecidas, incluindo a construção de páginas completamente fictícias pra inspecionar maior veracidade às campanhas. A estratégia costuma ser a toda a hora a mesma: os hackers pedem que o usuário fale a um questionário, depois que o compartilhe, e, por último, solicitam seus dados pessoais para lhes enviar um suposto cupom de desconto.



O benefício, contudo, nunca chega, e o usuário acaba tendo de pagar uma fatura mais elevada de cartão de crédito no conclusão do mês. Para enxergar a imagem em dúvida, o usuário clica no link, que, logo em seguida, o leva à página inicial do Twitter ou do Facebook. Ali ele coloca seu nome de usuário e senha. E ao fazer isso, um hacker obtém seus fatos pessoais, visto que a página de acesso às mídias sociais era falsa.



  • Antes de entrar em sua garagem, fique concentrado ao teu redor

  • Popularidade e conexão com outros websites

  • Antonia telma argumentou: 01/08/12 ás 20:Onze

  • Aumente a classificação do site com links vindos de blogs com autoridade

  • 1 - Proteja fatos pessoais


Outro golpe comum envolve mensagens de voz no WhatsApp. Usuários recebem emails explicando que um de seus contatos deixou uma mensagem de voz no aplicativo e um convite para acessá-la. Na verdade, trata-se de uma fraude, advertem os especialistas da Kapersky Lab. Ao cair no golpe, visite aqui o usuário abre as portas pra um malware que se instalará em teu equipamento. O respectivo WhatsApp adverte que se trata de um golpe. Aproveitando a oportunidade, olhe também esse outro web site, trata de um tema relacionado ao que escrevo nessa postagem, poderá ser útil a leitura: visite aqui.



Em sua página na internet, a organização esclarece que não envia mensagens de texto nem sequer emails, a não ser que o usuário tenha entrado em contato com o suporte técnico em um momento anterior.is?cg2XvYLjyY-zQ85dyKrqHGlnPbKoEQZwlI77- Trata-se de um sistema aproximado ao da fraude dos cupons de desconto. O usuário recebe uma mensagem em nome de uma corporação de envio de remessas notificando-lhe sobre isso uma encomenda. Neste caso, o arquivo em anexo provavelmente contém um código malicioso.